Segurança na obra: saiba tudo sobre a tela de proteção fachadeira

Tela fachadeira

A construção civil segue rigorosos protocolos de segurança estabelecidos pela ABNT NR-18. Dentre as principais regras está a proteção contra a queda de materiais, detritos e rebocos –  o que determina o uso de tela fachadeira, que abordaremos ao longo desse artigo.

A tela fachadeira é, como o nome sugere, uma tela utilizada para envelopar e proteger fachadas e andaimes de prédios que estão em processo de construção. O intuito do seu uso é proteger e prevenir, oferecendo segurança ao local. É de extrema importância pois, além dos colaboradores, obras em prédios podem oferecer riscos para pedestres, veículos que circulam pelo local e vizinhança, especialmente em locais de muito movimento.

As telas são produzidas em polietileno de alta densidade, o que as tornam muito resistentes a impactos. Por ficaram expostas, é preciso que tenham proteção UV e sejam antigranizo, aumentando sua durabilidade.

Na construção civil não tem jeito: os protocolos de segurança são extremamente rigorosos e é preciso estar muito atento a todos os pontos das Normas Regulamentadoras.

É importante estar ciente sobre todos os tópicos, pois as empresas que não seguirem as normas estão sujeitas a penalidades previstas na legislação, tais como multas, embargos e responsabilidade criminal em casos de acidentes.

Sendo assim, ao seguir a legislação você não só evita os casos acima citados, como também:

· Reduz o risco de acidentes de trabalho;

· Melhora a comodidade por ser equipamento coletivo;

· Minimiza as perdas e aumenta a produtividade da empresa através de uma melhora nas condições de trabalho.

Por isso, é primordial que as construtoras estejam sempre dentro das normas para que não sofram consequências indesejadas, colocando em risco a saúde de outras pessoas.

NR-18 e a tela fachadeira

A ABNT NR-18 estabelece protocolos de segurança rigorosos para a construção civil, com o intuito maior, como já abordado, de preservar a vida dos trabalhadores.

Ela “estabelece diretrizes de ordem administrativa, de planejamento e de organização, que objetivam a implementação de medidas de controle e sistemas preventivos de segurança nos processos, nas condições e no meio ambiente de trabalho na Indústria da Construção”.

A questão que trata especificamente da tela fachadeira está no artigo 18.13, “Medidas de proteção contra queda de altura”.  Confira algumas das especificações abaixo:

18.13.1. É obrigatória a instalação de proteção coletiva onde houver risco de queda de trabalhadores ou de projeção de materiais.

18.13.3. Os vãos de acesso às caixas dos elevadores devem ter fechamento provisório de, no mínimo, 1,20m (um metro e vinte centímetros) de altura, constituído de material resistente e seguramente fixado à estrutura, até a colocação definitiva das portas.

18.13.4. É obrigatória, na periferia da edificação, a instalação de proteção contra queda de trabalhadores e projeção de materiais a partir do início dos serviços necessários à concretagem da primeira laje.

18.13.5. A proteção contra quedas, quando constituída de anteparos rígidos, em sistema de guarda-corpo e rodapé, deve atender aos seguintes requisitos:

a) ser construída com altura de 1,20m (um metro e vinte centímetros) para o travessão superior e 0,70m (setenta centímetros) para o travessão intermediário;

b) ter rodapé com altura de 0,20m (vinte centímetros);

c) ter vãos entre travessas preenchidos com tela ou outro dispositivo que garanta o fechamento seguro da abertura.

(….)

18.13.9. O perímetro da construção de edifícios, além do disposto nos subitens 18.13.6 e 18.13.7, deve ser fechado com tela a partir da plataforma principal de proteção.

18.13.9.1. A tela deve constituir-se de uma barreira protetora contra projeção de materiais e ferramentas.

18.13.9.2. A tela deve ser instalada entre as extremidades de 2 (duas) plataformas de proteção consecutivas, só podendo ser retirada quando a vedação da periferia, até a plataforma imediatamente superior, estiver concluída.

18.13.12 – Redes de Segurança (Inclusão dada pela Portaria SIT nº 157/2006).

18.13.12.1 Como medida alternativa ao uso de plataformas secundárias de proteção, previstas no item 18.13.7 desta norma regulamentadora, pode ser instalado Sistema Limitador de Quedas de Altura, com a utilização de redes de segurança. (Inclusão dada pela Portaria SIT nº 157/2006)

Para lera NR-18 e o artigo citado completo, clique aqui.

Tela fachadeira da Metroform

A tela fachadeira da Metroform pode ser produzida na forma tradicional em monofilamento de polietileno indicado até 10 pavimentos. Acima de 10 pavimentos ou alta incidência recomendamos o uso de telas confeccionadas com fios trançados e nós, pois apresentam resistência e durabilidade superior à tradicional.

Você pode conferir aqui.

Para aplicar a tela fachadeira, é preciso ter alguns cuidados, tais como:

– A estrutura onde o suporte será instalado deverá suportar os esforços especificados em projeto;

– A costura entre panos, deve ser executada com auxílio do balancim em trechos, onde não houver acesso via janela ou sacada;

– A tela não deve ser amarrada diretamente à plataforma primária;

– Instalar tubo de dreno nas pontas da plataforma a fim de preservar a tela e evitar que a mesma rasgue.

Para a desmontagem, é preciso uma equipe devidamente treinada. O treinamento deve ser ministrado pelo responsável pela segurança da Obra. A desmontagem do sistema deverá ser iniciada sempre pelo recolhimento da tela fachadeira.

Com a Metroform, você tem auxílio em todas as etapas da segurança da sua obra, seguindo todos os protocolos exigidos pelas Normas Regulamentadoras.

Sobre a Metroform

A Metroform é um dos principais players do mercado de proteção coletiva do Brasil, atuando principalmente na disponibilização de sistemas de proteção coletiva, escoramento e travamento metálico.

Produzimos as melhores soluções em segurança para a sua obra de engenharia civil, com facilidade no manuseio, tecnologias exclusivas, patentes depositadas, seguro de responsabilidade, material certificado, maior estoque do mercado, treinamento, pós-venda na obra, projetos e ensaios técnicos.

Dentre nosso portfólio estão obras como Arena Palmeiras, Arena Corinthians e Aeroporto de Guarulhos.

Clique e saiba mais!

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quem leu este post leu também :)

Boas práticas para armazenamento de materiais de construção

Eficiência no acondicionamento evita o desperdício de tempo e de dinheiro. Saiba como melhorar o armazenamento de materiais da sua obra.

Materiais

Catálogo de Proteção Coletiva

Trabalhamos continuamente para aprimorar a qualidade dos nossos produtos e sistemas de segurança para a execução de estruturas em concreto. Baixe e conheça nossos serviços.