Memorial descritivo: por que é tão importante para a sua obra?

Memorial descritivo

São inúmeros os documentos e processos que englobam a construção de um empreendimento, dentre eles, está o memorial descritivo – um documento técnico que descreve detalhadamente todas as características, especificações e informações relevantes sobre uma determinada construção. 

Este documento é uma exigência prevista na Lei 4.591/64, Art. 48, que regulamenta o condomínio em edificações e as incorporações imobiliárias no Brasil. Mas por que este documento é tão importante para a sua obra? É sobre isso que vamos falar neste artigo. 

Entendendo o memorial descritivo 

Para que possamos falar da importância deste documento para a sua obra, antes é preciso entender por que se trata de informações tão valiosas e como elas vão beneficiar o seu negócio. 

O principal objetivo do memorial descritivo é fornecer um conjunto claro e completo de informações sobre o projeto da construção. Isso garante que todos os aspectos importantes da obra estejam documentados e que os responsáveis pela execução e fiscalização tenham conhecimento detalhado sobre o que precisa ser feito. 

Além disso, ele serve como uma ferramenta de comunicação entre os profissionais envolvidos no processo, como arquitetos, engenheiros, construtores e proprietários. 

Embora seja um documento fundamental, muitas incorporadoras e construtoras veem como um desafio a elaboração do memorial descritivo com dados relevantes e, principalmente, mantê-lo atualizado durante a obra, por isso, acabam deixando esse processo de lado. 

Porém, ao deixar de lado o documento, a empresa sofrerá consequências como queda nas vendas, afinal, mais do que algo exigido por lei, o memorial descritivo é uma prova concreta de que a construtora é séria e confiável. Não é muito difícil encontrar notícias de empresas de fachada que venderam empreendimentos na planta e eles nunca saíram de fato do papel. 

Por isso, o consumidor que está atento e acompanha os noticiários fica alerta em relação a isso, e opta por empresas que garantam a entrega do imóvel que ele está adquirindo. 

A importância do memorial descritivo para sua empresa 

Como citamos até aqui, o memorial descritivo é fundamental para as incorporadoras e construtoras por dar transparência ao projeto. Isso é extremamente positivo para a marca, aumentando a confiança e segurança por parte dos clientes. 

O documento também servirá como guia para o orçamento do projeto já que terá descrito todos os procedimentos e materiais previstos, servindo, inclusive, como modelo de orientação detalhado para os profissionais envolvidos na execução, assegurando que a obra seja realizada de acordo com as especificações e critérios estabelecidos. 

O memorial descritivo ainda protege a empresa contra ações legais, caso o cliente alegue alguma divergência. Por isso é de extrema importância mantê-lo atualizado, caso tenha alguma alteração durante a obra. 

Outra vantagem de poder contar com um documento bem elaborado é a prevenção de erros e disputas, já que ao documentar todas as características e particularidades da construção, o memorial descritivo minimiza a ocorrência de erros, retrabalhos e desacordos entre os envolvidos no processo. Além disso, é uma ferramenta essencial para o controle de qualidade, pois possibilita a verificação do cumprimento das normas e padrões estabelecidos. 

Um projeto que conta com um memorial descritivo bem-feito se garantirá em futuras intervenções, uma vez que o documento pode servir como referência para eventuais reformas, facilitando a manutenção e conservação da construção. 

Memorial descritivo dá tranquilidade para os clientes 

Não é apenas para as empresas que o memorial descritivo é importante, gerando confiabilidade. Para os clientes, ter acesso ao documento para conferir os materiais que estão sendo utilizados, o padrão de qualidade do projeto e poder acompanhar as obras de perto, é uma forma deles reconhecerem o nível de transparência da marca e ficarem mais tranquilos em relação ao investimento que estão fazendo. 

Portanto, é preciso informar que o acesso ao memorial descritivo do empreendimento pode ser solicitado por qualquer cliente, a qualquer momento. 

Os tipos de memorial descritivo

Existem alguns modelos principais de memorial descritivo, que podem variar de acordo com o tipo de construção e a legislação local. Vamos falar sobre eles a seguir: 

– Residencial: o documento deve detalhar as informações que envolvam obras de uso residencial, como casas e apartamentos.

– Comercial: as informações devem ser as mesmas que a do primeiro modelo, mas para obras que são destinadas ao uso comercial como mercado, lanchonetes e lojas de todos os tipos. 

– Execução de piscina: você sabia que obras que envolvam colocação ou reforma de piscinas precisam de um memorial descritivo exclusivo? 

– Desmembramento: quando é necessário desmembrar um lote de terreno ou uma área, é preciso fazer um memorial descritivo específico para isso. 

– Unificação: trata-se do procedimento contrário ao exemplo acima, ou seja, quando é preciso unificar dois ou mais lotes de terreno. 

– Residência para demolição: para demolir um imóvel também é preciso de um memorial descritivo que contenha todos os procedimentos para a demolição. 

– Tanque séptico e fossa: geralmente esse memorial é solicitado quando não há disponibilidade de uso da rede de esgoto pública. 

De modo geral, no documento deve constar as seguintes informações: 

  • Localização da obra
  • Proprietário 
  • Detalhe das etapas de construção 
  • Alvenaria
  • Acabamento
  • Conceito do projeto
  • Normas adotadas para os cálculos
  • Objetivos do projeto
  • Materiais ou produtos utilizados na obra
  • Informações que sejam consideradas importantes para o entendimento completo do projeto. 

Portanto, o memorial descritivo é um documento técnico importante para qualquer tipo de construção, uma vez que contribuirá para a transparência, organização e a qualidade de todo processo construtivo. 

Gostou do conteúdo? Não deixe de conferir o nosso blog com mais informações relevantes sobre construção civil, obras e segurança. 

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quem leu este post leu também :)

Conheça 10 tecnologias da construção civil moderna

A industrialização do processo construtivo e a digitalização do canteiro de obras têm impulsionado o surgimento de novas tecnologias da construção civil. Um importante...

Hazop: o que é e como utilizar na obra

Reduzir os riscos está entre os principais desafios da construção civil, por isso, cada vez mais ferramentas e métodos são criados com o intuito...

Como utilizar a energia solar na construção civil

Os clientes têm optado por escolher as construtoras que estão se preocupando em reduzir os elementos que causam impactos ambientais, como a redução de...

Tudo o que você precisa saber sobre seguro de obra

A contratação de um seguro de obra garante a segurança financeira e operacional de uma construção. Saiba mais sobre a sua importância.

Passo a passo para aplicar a engenharia de custos em sua obra

Para o sucesso de um projeto é preciso manter o orçamento equilibrado, evitar prejuízos e, claro, entregar a obra no prazo estipulado. Por mais...

Boas práticas para armazenamento de materiais de construção

Eficiência no acondicionamento evita o desperdício de tempo e de dinheiro. Saiba como melhorar o armazenamento de materiais da sua obra.

Materiais

Catálogo de Proteção Coletiva

Trabalhamos continuamente para aprimorar a qualidade dos nossos produtos e sistemas de segurança para a execução de estruturas em concreto. Baixe e conheça nossos serviços.