Choque elétrico é uma das principais causas de acidentes na construção civil

Acidentes na construção civil

O choque elétrico está entre as principais causas de morte de profissionais que sofrem acidentes na construção civil. Um relatório da Abracopel (Associação Brasileira de Conscientização para os Perigos da Eletricidade) aponta que 446 trabalhadores brasileiros perderam suas vidas por acidente dessa natureza entre 2013 e 2020.

A principal razão para números tão alarmantes é a falta de prevenção e/ou o não cumprimento dos requisitos mínimos de segurança que são previstos nas normas regulamentadoras vigentes no país.

A preocupação com o choque elétrico na construção civil é tão grande que tem uma norma regulamentadora específica para tratar sobre o tema, a NR-10 – Segurança em Instalações e Serviços em Eletricidade. A norma tem a responsabilidade de garantir a segurança e a saúde de trabalhadores que estão envolvidos com essa atividade.

As medidas previstas na NR-10 se aplicam às fases de geração, transmissão, distribuição e consumo, incluindo as etapas de projeto, construção montagem, operação, manutenção das instalações elétricas e quaisquer trabalhos realizados nas suas proximidades, observando-se as normas técnicas oficiais estabelecidas pelos órgãos competentes , e na ausência ou omissão destas, as normas internacionais cabíveis.

Prevenção é a melhor proteção contra choque elétrico na construção civil

Todos os tipos de acidentes na construção civil podem ser reduzidos e até evitados se o canteiro de obras seguir rigorosamente as normas de prevenção. Quando se trata de instalações elétricas, o cuidado deve ser redobrado, já que as chances de um acidente dessa natureza ser fatal são grandes.

Dessa forma, para evitar riscos elétricos em um canteiro de obras, além de oferecer os equipamentos de segurança individual e coletivo, a empresa responsável precisa seguir rigorosamente as políticas de segurança e evitar as famosas “gambiarras”, afinal, acidentes na construção civil podem acontecer em obras de pequeno, médio ou grande porte.

Só para se ter uma ideia da magnitude e da importância da prevenção de acidentes em qualquer ambiente de trabalho, o Brasil está em 2º lugar em mortalidade por acidentes de trabalho, segundo dados do Observatório de Segurança e Saúde no Trabalho – levantamento elaborado pelo Ministério Público do Trabalho (MPT) e a Organização Internacional do Trabalho (OIT).

De acordo com o relatório, acidentes no trabalho tiraram a vida de mais de 20 mil brasileiros em oito anos. No mundo, um trabalhador morre por acidente de trabalho ou doença laboral a cada 15 segundos.

Falamos um pouco mais neste artigo: “Brasil figura o 2º lugar em mortalidade por acidentes no trabalho”

Por isso, quando o assunto é instalações elétricas, o cuidado deve ser ainda maior, se tornando imprescindível que todas as edificações contem com profissionais técnicos especializados em instalações elétricas que coordenem e fiquem responsáveis de acompanhar e supervisionar todo o trabalho em um canteiro de obras, com a responsabilidade de avaliar se os trabalhadores estão seguindo as exigências das normas regulamentadoras e prevenindo acidentes na construção civil.

Confira dicas de como evitar choque elétrico na construção civil

Como já falamos anteriormente, a prevenção é a melhor segurança contra acidentes na construção civil, além disso, quando o assunto é instalação elétrica, os cuidados devem ser ainda maiores, portanto, o “dar um jeitinho” não tem espaço.

A começar pela fonte de energia: o uso de vários equipamentos em uma mesma fonte de energia é um chamariz para algum trabalhador sofrer choque elétrico. Além disso, é preciso se atentar a extensões desgastadas e dispositivos com a fiação deteriorada.

Por isso, na hora de comprar os materiais, opte por um de qualidade e que tenha os certificados do Inmetro. Além disso, as seguintes práticas podem evitar acidentes na construção civil:

  • Equipamento de proteção individual: fornecer e orientar os trabalhadores pelo uso dos EPIs é fundamental para segurança em um canteiro de obras. Luvas, máscaras, botinas, óculos de proteção e capacete são obrigatórios por lei e evitam riscos elétricos.
  • Equipamentos elétricos seguros: é preciso garantir que os equipamentos elétricos e geradores de energia tenham itens básicos de segurança como tanque de combustível isolado e lâmpada indicativa de funcionamento
  • Canteiro organizado: a desorganização em uma obra é um dos fatores que causam acidentes na construção civil e não seria diferente quando o assunto é instalações elétricas. É importante verificar se a fiação elétrica está em locais elevados e se as ferramentas não estão espalhadas pelo local de trabalho.
  • Qualidade: como já falamos por aqui, verificar a qualidade dos materiais é essencial para evitar acidentes na construção civil. Produtos certificados pelo Inmetro oferecem menor risco elétrico em uma obra.
  • Profissionais qualificados: Desde a construção até a manutenção, é imprescindível que profissionais experientes sejam contratados a fim de evitar acidentes e danos materiais.
  • Sinalização: todas as áreas de riscos elétricos devem ser sinalizadas. É importante também que ao realizar trabalhos de manutenção, todas as pessoas que estão trabalhando em um canteiro de obras sejam avisadas já que o acionamento de equipamentos durante manutenção pode provocar choques com intensidades variadas.

Mais dicas no artigo: “Os riscos de acidentes com instalações elétricas na construção”.

Norma regulamentadora prevê medidas de proteção coletiva contra riscos elétricos

Além do uso de equipamentos de proteção individual, a NR-10 prevê medidas de proteção coletiva. Segundo a norma, as medidas de proteção coletiva compreendem a desenergização elétrica e, na impossibilidade, devem ser utilizadas outras medidas de proteção como isolação das partes vivas, obstáculos, barreiras, sinalização, sistema de seccionamento automático de alimentação, bloqueio de religamento automático.

A Metroform – Sistemas de Proteção é um dos principais players do mercado de proteção coletiva do Brasil e da América Latina, atuando principalmente na disponibilização de sistemas de proteção coletiva, escoramento e travamento metálico.

Conheça todos os equipamentos de proteção coletiva da Metroform e garanta uma obra segura para os trabalhadores e terceiros.

Gostou do conteúdo? Não deixe de conferir o nosso blog com mais informações relevantes sobre construção civil, obras e segurança.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Quem leu este post leu também :)

5 dicas para conferir a qualidade dos EPC’s para sua obra

Quando pensamos em um canteiro de obras, todo cuidado ainda é pouco para evitar acidentes de trabalho, visto que o local tem um alto...

Chega de rachaduras: conheça as vantagens do bioconcreto

O bioconcreto está revolucionando o mercado da construção civil por ser um material tão resistente quanto o concreto e que tem a capacidade de...

As principais inovações para a segurança no canteiro de obras

A segurança é prioridade no canteiro de obras, e manter-se a par de todos as novidades que surgem é mais do que essencial. Confira.

Construção modular: como funciona esse conceito

A construção modular tem se tornado uma tendência por agregar qualidade, padrão de segurança e otimizar as operações.

O que é a proteção metálica na construção civil

A proteção metálica alia segurança, praticidade e aumento de produtividade em um canteiro de obras. Confira mais detalhes no blog!

Fissuração no concreto armado: como corrigir?

A fissuração no concreto deve ser prevista ainda na fase do projeto para que medidas de prevenção sejam definidas. Entenda.

Materiais

Catálogo de Proteção Coletiva

Trabalhamos continuamente para aprimorar a qualidade dos nossos produtos e sistemas de segurança para a execução de estruturas em concreto. Baixe e conheça nossos serviços.