Entenda porque a segurança na obra significa redução de custos

Segurança na obra

Investir em segurança na obra é a garantia de redução de custos. Por mais que esta frase pareça não fazer nenhum sentido, acredite: os custos que sua empresa terá de arcar com um possível acidente de trabalho ou por algum motivo de embargo são muito maiores do que qualquer tipo de aporte que terá feito ao longo de um projeto. 

Só para se ter uma ideia, o acidente de trabalho, por exemplo, pode causar uma série de custos diretos como o tempo perdido ou a interrupção da produção ou do serviço, além disso a empresa pode arcar com o prejuízo de equipamentos ou materiais que foram danificados, gastos com recuperação de empregados, despesas com primeiros socorros, entre outros. 

Esse prejuízo financeiro terá de ser recuperado de alguma forma, sendo a mais comum a elevação do preço de produtos e serviços que irão afetar consideravelmente a competitividade no mercado, e também o seu faturamento. 

É preciso computar também os custos indiretos que um possível acidente de trabalho em uma obra pode causar como, por exemplo, as perdas de vidas, mudanças nas vidas e nas atividades do trabalho dos acidentados, os impactos nas suas famílias e na diminuição da própria qualidade de vida 

No Brasil a falta de segurança na obra ainda prevalece 

Infelizmente a falta de segurança na obra no Brasil ainda prevalece, com um alto índice de acidentes de trabalho, sendo a construção civil um dos principais segmentos segundo a Anamt (Associação Nacional de Medicina do Trabalho). 

Dados mais recentes do Anuário Estatístico de Acidentes de Trabalho (AEAT) mostram que em 2017 foram registrados mais de 500 mil acidentes no trabalho em todo o país. Só na construção civil foram mais de 30 mil, o que corresponde a pouco mais de 5% dos casos. 

Embora a prevenção tenha se aperfeiçoado nos últimos anos com uma legislação mais rígida, ainda assim não foi o suficiente para reduzir esse número. Portanto, a segurança na obra é uma preocupação e dever de todos os envolvidos. 

A saúde e bem-estar dos colaboradores devem ser respeitados, bem como a avaliação do ambiente de trabalho com o objetivo de minimizar o risco de acidentes. É importante que o canteiro de obras siga as normas regulamentadoras de segurança, os colaboradores devem utilizar os equipamentos de segurança individual e coletivo para garantir a integridade física de todos. 

Conheça os motivos que levam a segurança na obra reduzir os custos

Antes de tudo é importante dizer que a segurança na obra é um fator decisivo não só nas questões financeiras, mas para garantir a integridade física do colaborador, que ao se envolver em um acidente – muitas vezes podendo ser fatal, a empresa é penalizada e com isso, o aumento dos custos. 

Isso significa o pagamento de multas, incremento nos custos operacionais, resultando em um grande impacto no orçamento da obra. Portanto, ao investir em segurança na obra é possível ter alguns benefícios como: 

  • Manter a produtividade: se um funcionário precisa se afastar da obra é necessário que outro venha para substituí-lo, o que demanda treinamento, adaptação e todo esse processo resulta na diminuição do ritmo produtivo e possíveis ocorrências de falhas. 
  • Mais motivação: quando o ambiente é seguro os colaboradores se sentem mais motivados para trabalhar. Quanto melhor for o desempenho, maior será a satisfação de todos os setores envolvidos. Quando a equipe está motivada, é normal que aconteça o aumento da produção com mais qualidade, alavancando os resultados e melhorando os indicadores de toda a empresa. 
  • Imagem da empresa preservada: quando os índices de acidentes de trabalho são baixos, a empresa consegue preservar a sua imagem perante os seus clientes, fornecedores, instituições e setores da sociedade civil. A sua empresa estará demonstrando que se preocupa com o bem-estar e a integridade de seus colaboradores. 

Além disso… 

Quando se investe em segurança na obra, sua empresa poderá ter os custos reduzidos com: 

  1. Multas e encargos

As multas e encargos vão variar de acordo com o tipo de acidente de trabalho. Além disso, a empresa terá custos pelo afastamento e substituição do funcionário, como falamos anteriormente. 

Há situações em que a empresa precisa contratar um funcionário temporário ou terceirizar o serviço para suprir essa ausência e tudo isso gera custos operacionais que não estavam previstos. 

  1. Danos aos ativos empresariais 

Outro custo que a segurança na obra pode evitar é com ativos empresariais, ou seja, os acidentes de trabalho podem danificar equipamentos, máquinas e instalações que exigem a substituição de uma peça ou de todo o dispositivo. 

Dependendo do item, os custos podem ser ainda maiores por depender de equipamentos de outra parte do mundo que vai gerar um alto custo de logística para manutenção e ainda prejudicar todo o andamento do projeto. 

  1. Evita parar a produção 

Toda a produção pode ser paralisada dependendo do tipo de acidente, seja pela necessidade de perícia ou pelo próprio dano causado ao equipamento ou instalação. Produção parada é sinônimo de prejuízo e até aumento de custos.

Para recuperar o atraso, pode ser necessário que a empresa tenha custos com horas extras. 

  1. Economia com ações judiciais

Despesas com custos de processos, gastos com perícias e honorários de advogados podem ser reduzidas se a empresa investir em segurança na obra.

As ações judiciais devem ser evitadas, afinal, toda a legislação foi feita para proteger o emprego. E nada mais justo, não é? Além disso, as intercorrências judiciais podem prejudicar a empresa perante à sociedade e o mercado da construção civil.

Portanto, é importante que a empresa atenda às normas regulamentadoras e forneça os equipamentos de segurança individual e coletiva, além de manter uma rotina de acompanhamento para os mesmos saber se estão sendo utilizados de forma correta.

Conte com uma empresa renomada para garantir a segurança na obra 

Há 18 anos no mercado, a Metroform se tornou uma das maiores referências no segmento de segurança coletiva no Brasil e na América Latina, disponibilizando sistemas de proteção, escoramento e travamento metálico. 

Ao longo desse período, a Metroform desenvolveu projetos em mais de 19 estados, com mais de 2,5 mil contratos fechados. Com a missão de criar as melhores soluções de proteção coletiva a fim de garantir a segurança do trabalhador na construção, a Metroform possui o maior estoque do mercado, com mais de 200 mil metros de proteção. 

Em constante evolução

Apesar de ser referência no meio de proteções coletivas, a Metroform está sempre em constante evolução, trabalhando para criar soluções como a Inova Metroform – laboratório especializado no desenvolvimento de proteção coletiva, com uma equipe que trabalha duro na criação de novos sistemas e no aprimoramento dos antigos. 

Todas as proteções desenvolvidas passam por diversos ensaios através de software de engenharia específico para avaliação de possíveis deformações, pontos de ruptura, ciclo de vida e otimização de material. 

Os testes seguem a Norma Regulamentadora, a NR-18, para garantir a segurança e a qualidade que são as marcas da Metroform. Nesse sentido, já são mais de 10 patentes depositadas, o que mostra a credibilidade e o comprometimento em cada solução desenvolvida. 

A Metroform entende que a segurança no canteiro de obras evita doenças ocupacionais e acidente de trabalho, mas também torna a obra mais produtiva e consequentemente mais lucrativa. 

Quer conhecer mais sobre a Metroform e suas soluções em proteção coletiva? Então acesse o site

Gostou do conteúdo? Não deixe de conferir o nosso blog com mais informações relevantes sobre construção civil, obras e segurança. 

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quem leu este post leu também :)

Conheça os cuidados indispensáveis para uma boa gestão de obras

A falta de material, equipamento ou recurso é sinônimo de prejuízo para um projeto de construção, afinal, esses contratempos resultam em atrasos e consequentemente...

Como a queda da Selic pode impulsionar a construção civil

O futuro da construção civil e do mercado imobiliário é mais do que promissor, e as expectativas são excelentes a curto prazo: é esperada...

Como aumentar a produtividade na obra

A baixa produtividade na obra é ocasionada por uma série de fatores, em especial a escassez de mão de obra qualificada – intensificada por...

Segurança do trabalho na construção civil: os pontos importantes

Manter a integridade física dos trabalhadores é fundamental no canteiro de obras. Entenda sobre a segurança do trabalho na construção civil.

Combate ao incêndio na construção civil

Medidas de combate ao incêndio devem fazer parte da cultura de segurança na construção civil, porque é um tipo de incidente que pode acontecer...

A necessidade de instaurar a cultura da segurança na construção civil

Garantir a saúde e integridade física dos trabalhadores é primordial, e implantar a cultura da segurança na construção civil é uma prática fundamental para...

Materiais

Catálogo de Proteção Coletiva

Trabalhamos continuamente para aprimorar a qualidade dos nossos produtos e sistemas de segurança para a execução de estruturas em concreto. Baixe e conheça nossos serviços.