Conheça o sistema de segurança em rede tipo V

A construção civil é um setor que requer muita atenção às medidas de segurança. Os números chamam a atenção e indicam a necessidade de um planejamento bastante diligente antes de se iniciar uma obra. A boa notícia é que há recursos simples e muito eficientes para evitar acidentes no canteiro de obras. O sistema de segurança tipo V é um deles.

Composto por uma rede com corda perimetral presa a suportes em forca, o sistema de segurança tipo V é projetado para trabalhar na vertical, formando um “L” invertido. Desta forma, o equipamento é capaz de absorver o impacto de pessoas ou materiais da construção que venham a cair.

O equipamento costuma ser instalado durante a execução de estruturas de concreto. Entre as atribuições principais do sistema de segurança tipo V estão suportar o peso de uma pessoa com coeficiente de segurança suficiente.

Como consegue reter quedas de material, a rede protege não apenas os trabalhadores, mas também os pedestres que circulam nas proximidades da obra.

Portanto, se você quer garantir a segurança na sua obra, você deve procurar redes normatizadas, e para tanto é necessário observar algumas características imprescindíveis na hora de escolher seu sistema de redes.

Conforme NR18 e norma EN 1263-1, redes de segurança para construção civil devem possuir uma etiqueta permanente que apresente os seguintes itens:

  1. Nome ou logotipo do fabricante
  2. A capacidade mínima de absorção de energia da malha é de 2,3 kJ
  3. Selo do órgão certificador independente
  4. Designação correta, conforme a norma EN 1263-1
  5. Número de identificação
  6. Data de fabricação e validade

Lembre-se: as entidades de certificação indicam que as redes de segurança tem validade de apenas um ano à partir de sua data de fabricação. Após esse período, é preciso garantir a integridade dos sistemas por meio de novos ensaios de acordo com as normas EN 1263-1, 1263-2 e ISO 2307.

Também é importante reforçar a importância de armazenar o equipamento em local apropriado, seco e acondicionadas em recipientes adequados, assim como manter vistorias diárias, por profissionais capacitados, para garantir a integridade e limpeza de seus elementos, estruturas das forcas, pontos de fixação e encunhamento.

Requisitos da Rede de Segurança

As redes de segurança devem possuir malha quadrada máxima de 60×60 mm(M60) e energia de absorção mínima de 2,3kJ.

Já o suporte metálico tipo forca, precisa ser confeccionado em tubo de aço estrutural normatizado pela ABNT, além de possuir dimensões mínimas de 8,0 m no montante e 2,5 m no braço, com seção mínima de 60x60x3 mm.

Paras as cordas perimetral e de sustentação, é necessário que as redes tenham resistência de ruptura mínima à tração de 30 kN. Já nas cordas de união, que unem as redes entre si a cada 50 cm, a resistência mínima de ruptura à tração deve ser de 7,5 kN.

Todas as cordas devem atender às normas ISO 2307 e EN 1263-1 e serem certificadas pelo fabricante.

O sistema de rede de proteção certificada tipo V é muito eficaz para a prevenção de quedas em diferentes níveis, mas é muito importante uma instalação correta. Uma boa absorção de impactos, no entanto, depende diretamente da colocação, que deve obedecer às normas de segurança da ABNT NBR 16046.

Mas, antes de solicitar quaisquer materiais para a montagem do sistema de redes do tipo “V”, é necessário realizar um estudo preliminar sobre questões estruturais e arquitetônicas. Com os estudos em mãos, é possível entender quais são as necessidades da obra, quais soluções de proteção coletiva pode ser levadas em consideração e quais as , as dimensões corretas para a largura e comprimento das redes, altura dos montantes das forcas e comprimento dos seus braços.

É por essa razão que é importante poder contar com uma empresa especializada para reduzir custos do projeto e garantir a segurança na sua obra.

Sua empresa utiliza o sistema de segurança tipo V durante a execução da obra? Qual a sua impressão sobre as vantagens e segurança? Compartilhe connosco!

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quem leu este post leu também :)

Para sua obra: condições gerais de armazenamento

Quebra, contaminação, corrosão, avarias, deformação e até mesmo riscos de incêndio. Essas são algumas das consequências do mau armazenamento de materiais de obra. Mas,...

Cuidados na hora de contratar um varal de segurança

No momento de escolher um varal de segurança do tipo linha de vida, é necessário ter atenção e tomar alguns cuidados. Confira nossas dicas!...

As vantagens de alugar Equipamentos de Proteção Coletiva

Garantir a segurança em um canteiro de obras, seja do trabalhador da construção civil ou de terceiros que trafegam pelo entorno, é uma questão...

Redes de Segurança ou Sistemas Metálicos, o que é melhor?

Na hora de desenhar o projeto de segurança de um empreendimento, é essencial pensar em todos os detalhes e não deixar nada passar despercebido....

O que você precisa saber sobre “Redes de Segurança na Construção”

Redes de Segurança podem ser uma opção interessante de proteção coletiva para evitar a queda de objetos e trabalhadores em sua obra. As principais...

Conheça o inovador Sistema de Proteção para Poço de Elevador

Sistema Metroform de Proteção para Poço de Elevador, desenvolvido com a mais avançada tecnologia para fechamento do poço de elevador na fase pós-alvenaria. O...

Materiais

Catálogo de Proteção Coletiva

Trabalhamos continuamente para aprimorar a qualidade dos nossos produtos e sistemas de segurança para a execução de estruturas em concreto. Baixe e conheça nossos serviços.

Solicite uma cotação.



Primeiro Nome*
Último Nome*
E-mail*
Telefone*
Função / Cargo*
Empresa*
Mensagem*
Situação de Prospecto
Fonte de Prospecto